domingo, 22 de julho de 2018

É hora de afrouxar os cintos?

E aí pessoal, tudo bem?

Este final de semana aproveitei para sair um pouco e conhecer novos lugares na cidade onde vivo. Sem nenhuma pretensão, encontrei uma loja conhecida pela qualidade de seus produtos de vestimenta (aquelas lojas que blogueiras compram e recomendam, por exemplo).

Vi que estavam em promoção e entrei para conhece-la. E qual foi a minha surpresa ao me apaixonar por uma jaqueta de couro legítimo no valor de 700 reais? Pois é, sai de casa com o objetivo de me divertir e acabei com uma bela dúvida de comprar ou não esse produto.

O bom é que havia a possibilidade de experimentar e comprar online e foi o que eu fiz. Dica número 1 nesses casos de "descontrole emocional" é sempre se ausentar do local onde você está quase gastando uma fortuna. Experimentei alguns modelos, verifiquei os preços, testei, etc. Não comprei, sai da loja e falei que ia pensar e compraria online.

Pois bem, dia seguinte estou aqui, com dúvidas. Me apaixonei de verdade pelo modelo e tecido, não tenho nenhuma jaqueta de couro de verdade no meu guarda-roupa e é uma peça que faz falta. Sei que couro legítivo dura no mínimo uns 15 anos e pode durar até a vida inteira dependendo do estado de conservação, então se pensarmos que esse produto é um investimento de longo prazo, para mim faz sentido.

Porém o meu pao-durismo ainda não me largou. E aí começo a pensar se, com 1 milhão  na conta, já não seria o momento de afrouxar os cintos e curtir um pouco a jornada. Ou mais que isso, ao invés de comprar vestimentas com o foco sempre em preço (também qualidade, mas em segundo lugar), se qualidade não deveria vir em 1º lugar antes de mais nada.

Falando mais especificamente em vestimentas, eu nunca NUNCA nunca na minha vida liguei para marca. Eu realmente sempre fui em lojas de departamento e fiz minhas compras muito feliz quando precisava de algum item específico. Porém, hoje vejo que a marca, não pelo nome, mas pela qualidade, pode fazer uma diferença enorme.

Itens que eu comprei de marcas famosas em promoções (porque só assim que eu comprava essas coisas), ainda estão no meu guarda-roupa e eu ainda os uso porque estão em ótimo estado. Se pensarmos em por quando tempo que a gente pode utilizar essa vestimenta (tirando até o aspecto emocional de você se sentir bem, se sentir segura quando veste determinada roupa, sentir orgulho por poder ter comprado aquele item, etc), para mim faz todo o sentido.

E pensando no meu mindset: dividindo o valor total pelo número de anos que vou utilizar o item. Páro para pensar e me pergunto: por que eu sempre estou olhando o preço das coisas? Por que para mim algo tem que valer a pena do ponto de vista monetário? Será que não está na hora de pensar na "felicidade" que eu vou ter por ter aquele item? De como vou me sentir bem?

É incrível como na caminhada para a IF nosso mindset muda totalmente. A gente se foca tanto em preço, quantidade monetária e outros aspectos financeiros e esquece totalmente a parte sentimental/emocional das coisas (mesmo porque juntar o dinheiro já toca na nossa emoção de forma incrível depois de um tempo...rs). Mas será que agora não é a hora de voltar um pouco a régua e pensar como que eu posso me sentir bem com algumas compras?

Vamos do 8 ao 80 na jornada da IF. Que horas deveriamos mover a régua novamente para os 40? Após 1/5 da jornada completa (meu caso que quero atingir os 5 milhões)? Após 50% da jornada completa? O que vocês pensam?

Estou numa dúvida danada sobre a jaqueta, mas acho que vou comprar. Ou não vou, pensando que o inverno está no final e posso comprar no ano que vem? Os 700 reais podem ser parcelados em até 6x, mas ainda assim estamos falando de mais de 100 reais ao mês.

Dúvida cruel, me ajudem!?

IFM

29 comentários:

  1. Eu particularmente tenho um orçamento. E dentro do meu orçamento, separo 10% dos meus rendimentos para gastos livres (lazer, jantar fora, roupas etc).
    Quando o item está dentro dos meus 10%, e se eu realmente precisar, não passo vontade.
    Ano passado comprei uma jaqueta de couro legítimo, por 450 Temers. Não me arrependi. Onde vou todos gostam e perguntam onde comprei. Veste super bem. Eu nunca antes tive uma jaqueta de couro. E ficou dentro dos meus 10% de gastos livres.
    Foi o equilíbrio que encontrei. Poupo ao extremo. Mas separo 10% pra mim a fim de equilibrar a jornada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Filipe! Acho louvável a sua estratégia. De verdade!
      Por outro lado, eu sempre fui super frugal e nem pensei em colocar metas, porque 10% hoje faz muita diferença no amanhã.
      De qualquer maneira, estou repensando isso, afinal, já atingi um número bom e se realmente acho que a peça vale a pena, eu deveria repensar esse modo extremamente frugal de viver...
      Abs!

      Excluir
  2. Os 700 reais podem ser parcelados em até 6x, mas ainda assim estamos falando de mais de 100 reais ao mês.
    VC SABE A RESPOSTA....NAO COMPRE....700 [E UM ABSURDO..ALEM DO MAIS ESTAREMOS FINANCIANDO ESTE ABSURDO DE PRECO...BOICOTE TOTAL HJ A QQ PECA DE VESTUARIO DE MAIS DE 100 REAIS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Anon, ainda assim é bastante dinheiro, mas ainda assim estou falando de uma peça diferenciada.
      Nosso erro é comprar peças de baixa qualidade (muitas vezes abaixo desses 100 reais que você colocou) achando que está fazendo um bom negócio, e daqui alguns meses ter que recomprá-la novamente, porque ela já se deteriorou.
      Não sou a favor de economizar por economizar, muitas vezes o barato sai caro...

      Excluir
  3. Na lata: Compra!

    Também sempre quis uma jaqueta de couro legítimo e recentemente fiz duas sob medida. Saiu caro, mas sei que vou usar por muuuito tempo e fiquei bonitão. Isso por que sou pão duro!

    Tenho em mente que todas as coisas que tenho são minhas coisas favoritas, que durarão bastante.

    No fim, acredito que após atingir certas "marcas" na busca pela IF devemos dar recompensas a nós mesmos. Para nos lembrarmos de que não juntamos dinheiro por juntar.

    Compre, use, fique bonita e seja feliz. :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anon,
      A jaqueta até perdeu sentido depois da notícia do VDC. Mais para frente verei se ainda quero ou não...mas muito obrigada pelo seu comentário!

      Excluir
  4. Não compro nada na hora para não agir sob impulso, se depois de 72 horas ainda achar que é bom negócio é pq realmente faz sentido para mim adquirir tal produto.
    Roupa desse tipo caso vc deseje ainda poderá vender no futuro, então esse 700 reais podem ser bem menos.

    PS: 5 milhões como objetivo? Achei pouco, arredonda pra 10 logo!kkkk


    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uso essa técnica tbm Sr. IF!

      rs, meu objetivo são 5 milhões, se eu for esperar juntar 10 não paro de trabalhar nunca maissssss! hahaha

      Excluir
  5. Meu conselho eh que compre. Não vai te deixar mais pobre. De vez em quando se permita a alguns luxos na vida. Se tiver dúvidas, leia a última postagem no VdC... A vida eh curta e cheia de surpresas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anon,
      estou extremamente chocada com a história do VDC...que triste, essa compra até perdeu o sentido para mim... =´(

      Excluir
  6. Compre. Não é barato, mas e daí, você não vai comprar 10.
    Quem tem patrimônio como o seu não deve fazer tanta cerimônia pra comprar algo que gosta e que não seja um verdadeiro absurdo.
    Fora que tem produtos que duram muito tempo e acaba que o custo X benefício se torna bastante positivo.

    ResponderExcluir
  7. Já tem 1MI na conta e com medo de se arrepender de gastar com uma jaqueta? Reforço o que falou o colega ao de cima, e veja o post de despedida do VDC depois nos conte o que decidiu sobre a jaqueta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samurai,
      Estou tão triste com a noticia do VDC que não quero nem comprar mais nada...só refletir sobre a vida e desejar que ele volte logo a postar. =(

      Excluir
  8. Acho que já pode sim se dar ao luxo de comprar um presente de 700 reais. patrimônio seu já está robusto.

    ResponderExcluir
  9. vi que vc postou no blog do VDC e realmente não entendo como ainda se apega ao pão dirismo. Não é pra sair e gastar todas as suas economias, sustentar um sistema que vive do consumismo.
    Tem um equilíbrio entre esses dois extremos. Espero que o encontre logo.
    Ja entendi que o valor na conta dá tranquilidade, mas o aumento dessa reserva não é um fim em si mesmo. O dinheiro é pra te dar conforto durante a vida. Espero com sinceridade que não tenha um mal súbito e que essa ficha caia logo e possa ser mais livre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anon,
      Acho que me expresso errado aqui às vezes. Veja bem, o que eu realmente valorizo na vida eu gasto: com familia, amigos, experiências, viagens, comida, saúde.
      O que eu não valorizo tanto (roupa entra nesta categoria), eu realmente não gasto.
      Obrigada pelo desejo.
      Abs!

      Excluir
  10. Concordo com o comentário do Sr. IF365, se após alguns dias o desejo de comprar continuar, significa que vc não está comprando para "tapar" um buraco emocional e sim pq vc deseja se valorizar.

    ResponderExcluir
  11. COMPRE! Você viu o que aconteceu com o VdC? Aproveite a vida, não sabemos quando ela acabará!

    ResponderExcluir
  12. Vai ser útil? Se sim compre, mas peça desconto. Tudo que é parcelado sem juros pode ter desconto...

    ResponderExcluir
  13. sempre utilizo aquelas tres perguntas: Eu quero? Eu Posso? Eu preciso? Se a resposta for positiva para essas tres perguntas, compro sem pestanejar. Mas se uma delas eu tiver duvida ou tiver uma negativa, deixo pra comprar mais pra frente, pq se a resposta for não, ou eu não posso comprar, ou eu não preciso comprar, ou não quero comprar.

    De qualquer forma o equilibrio sempre é o melhor caminho. Ser pão duro é sinal de desequilibrio, ser consumidor compulsivo idem.

    abs e bons investimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma boa técnica kspov:
      eu quero? sim
      eu posso? sim
      eu preciso? não sei

      Vou esperar mais um pouco...

      Excluir
  14. Eu, quando li o post: ta muito cara essa jaqueta, não compra não.
    Depois do post no vdc: gostou e vai te deixar feliz e estilosa e vc não faz isso toda hora, não vai te deixar mais pobre, compra!
    Tinha parado de seguir ele, por acha-lo muito repetitivo, mas fiquei abalada quando soube do falecimento. Nem consegui almoçar direito. :-(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou assim também megapixel...
      Eu nunca parei de seguir, sempre fez parte da minha rotina. Triste mesmo...

      Excluir

Obrigada por tornar esse espaço um lugar fértil para troca de idéias! =)