sábado, 4 de julho de 2020

Fechamento de Junho/20 - R$ 1.888.874 (+2,42%)

E aí pessoal, tudo bem?

Mês bastante corrido para mim, estive quase para mudar de trabalho (de novo, rs), mas no fim não mudei. Tenho me dedicado pouco ao blog, porque realmente estou trabalhando demais. O mundo das finanças também não está muito animados e o mundo da vida real também não está, então sinto que não tenho muito o que falar.

No último post falei sobre estudos, estou realmente dedicando um tempo para estudar mais sobre investimentos e fazendo um curso nessa área. É incrível o que estudar pode fazer por alguém, estou mais animada, já reconheci várias melhorias que posso fazer (entre elas, não pagar IR na declaração, como venho fazendo e investir de fato numa previdência - é básico, mas eu não fazia). Paguei uma pequena bolada este ano (triste, mas real).

Mas além dos ganhos financeiros, é impressionante como cursos abrem nossa cabeça, acabamos tendo novas idéias, nos sentimos mais criativos, organizados, "preparados"para tudo que há pelo caminho. Por isso, eu realmente recomendo que vocês invistam em cursos, seja na área que for. Confesso que tenho usado muitas das ideias que estou tendo, no trabalho também. O que eu considero particularmente ótimo!

Fechei o mês de junho com  + 2,42%. Estou um pouco receosa desse mundo mais animado das ações. Reflito se não devo vender uma parte da minha posição já na próxima semana (aquela parte que está lucrativa). Acho que vou fazer minha primeira venda sim na próxima semana. Acredito que estamos tendo muita especulação e que quando começarmos a ter os resultados do 2o (e porque não do 3o) trimestre, cairemos na "real".

Meus aportes continuam gerando grande parte do aumento do patrimônio, mas como há algum tempo não acontecia, este mês foi o mercado de ações o responsável por mais da metade do crescimento do meu patrimônio nestes últimos 30 dias.

No geral, sigo tranquila, 50% do ano já passou e ainda faltam 112 mil reais para eu atingir meu objetivo do ano. Ainda tenho que sair de férias nesse segundo semestre e não devemos ter grandes avanços no campo dos investimentos, então estou realmente contando com meus aportes (e as economias que esta vida de quarentena proporciona).

Abs e fiquem seguros.
Ps.: vou tentar voltar a responder comentários, tenho andada desanimada..rs.

sábado, 27 de junho de 2020

Estudos!

E aí pessoal, tudo bem?

Comprei um curso online. Paguei um dinheiro importante por ele, mas quando vi o que eu pagaria quase a mesma coisa pelo IR de 2019, resolvi comprar e fazer algo por mim de forma genuína. Aproveito para perguntar e fazer vocês refletirem: quando foi a última vez que você investiu uma quantia importante em conhecimento para você? Não estou falando para sua carreira ou para seu trabalho, mas para você mesmo (ou porque gosta, ou porque precisa, independente da sua atividade profissional.

Bom, fiz isso e arrisco dizer que foi a primeira vez na vida! rs. Me sinto outra pessoa. Estou mais empolgada, mais motivada, mais feliz. Tinha esquecido a sensação de aprender coisas úteis pra vida. É algo que dá um "novo gás" principalmente depois que a gente já saiu de um curso mais formal há algum tempo.

Estou então me dedicando muito a esse curso que tem uma duração aproximada de 2 meses (já passaram 2 semanas). Aulas ao vivo e aulas já gravadas fazem parte da grade curricular e está sendo bastante desafiador conciliar com trabalho, mas ao mesmo tempo, tem me ajudado inclusive com idéias para o trabalho.

No campo dos investimentos, sigo mais observando do que me movimentando. Novo foco agora é enviar dinheiro para o exterior e comprar alguma das grandes empresas americanas (pensei em Facebook, Google, Amazon, Disney). Por "sorte" enviei uma parte do dinheiro quando o dólar estava na sua última baixa mais significativa (paguei 5,02).

E vocês, como estão com todas essas flutuações? Um pouco de apreensão sobre o futuro e quando (e como) vamos sair dessa né?

Enquanto isso, 2020 já foi quase pela metade!

Até fds que vem no fechamento do mês!

Abs,
IFM

sábado, 6 de junho de 2020

Fechamento de Maio/20 - R$ 1.844.218 (+1,41%)

Olá pessoal, como estão?

Sigo um pouco desanimada com o blog e com as finanças, por isso, deixo apenas registrado aqui o crescimento do patrimônio que foi praticamente aportes e perdas em investimentos.

Imagino que devam me perguntar: mas IFM, e o repique que a bolsa apresentou nesta última semana? Achei bom, mas estou um pouco cética ainda. Sinto que o pior ainda virá nos próximos anos (recessão global e Brasil) e quero estar na maior zona de conforto possível quando isso acontecer. Por isso, vou pensar se não aproveito essa alta para vender posições que estão lucrativas.

Estou também trabalhando na declaração de IR (odeio muito isso), já que é o último mês para fazê-la. Infelizmente vou ter que pagar uma bela quantia para nosso amigo leão. Se alguém tiver alguma dica/planilha de como deixar esse processo mais organizado para o momento da declaração, agradeço deixar nos comentários. A real é que eu levo muitas horas declarando cada uma das posições, rendimentos, ações...sem paciência mais para isso.

E vi que o encerramento do blog do Sr.IF gerou bastantes comentários. Que pena ter mais um blog encerrado nesta finansfera. Sabemos que temos momentos mais positivos em todas as trajetórias e outras menos, mas acho que ainda vale a pena o caminho quando lemos que nossas trajetórias ajudao aos outros.

Aliás, meu blog completou 3 anos no mês passado e nem vi passar! Uau!!! Eu era mais animada antigamente para comemorar essas datas! =P

Mas é isso, 3 anos se passaram desde que comecei e a realidade é que parecem 6 meses. Persistência e aprendizagem é a chave do negócio rumo à IF e sigo firme aqui. E vocês?

Abs,
IFM

segunda-feira, 11 de maio de 2020

O que aconteceu com o Sr IF 365?

Olá pessoal, como estão?

Por aqui nada de novo. Isso pode ser positivo ou negativo, dependendo de quão otimistas/pessimistas estamos, rs.

Eis que a finansfera fica cada vez mais pobre (vamos combinar, quem tem ânimo de postar com esse pessimismo todo no mercado?) e me deparo com a maior surpresa de todas: Sr.IF 365 resolve fechar o blog. É isso mesmo? Alguém sabe o que aconteceu?

Bom, independente disso, lamento muito. Assim como o VDC, eu gostava bastante do blog do SrIF 365, me ajudava a pensar quando eu deveria ter a minha IF. Que pena, mais um que vai deixar saudades.

IFM

sexta-feira, 1 de maio de 2020

Fechamento de Abril/20 - R$ 1.818.517 (+3,05%)

Olá pessoal,

Como estão todos por aí?

Confesso que aqui está difícil. Sem ânimo de controlar as finanças, não quero entrar no detalhe de aportes, rendimentos nem nada. Vi que a bolsa teve um mês um pouco melhor, o que deve refletir infimamente no meu patrimônio.

Por outro lado, sigo grata por me manter trabalhando. Sigo tendo condições de aportar. Sigo podendo fazer as compras para toda a família. Ninguém próximo a mim está em hospital ou se foi, então realmente não tenho como ser mais grata.

No fim das contas, tempos sombrios mostram pra gente que o patrimônio não pode fazer quase nada neste momento.

Que vocês continuam bem e salvos e possamos comemorar quando tudo isso passar.

Abs,
IFM

domingo, 12 de abril de 2020

Fechamento de Março/20 - R$ 1.764.638 (+7,69%)

Olá pessoal, tudo bem?

Bom, por aqui, o mais importante de tudo que é a saúde, está bem. Minha, dos meus amigos, familiares e conhecidos. Isso é o que mais importa agora.

Além disso, sigo empregada e recebendo valores semelhantes ao que eu recebia anteriormente à esta crise, o que com certeza é uma grande benção, pelas manchetes que vejo hoje em dia (vi uma hora que metade dos brasileiros já tiveram suas rendas diminuídas).

Sim, este post de fechamento está diferente dos demais. Tive perdas na RV, muitas perdas. Mas também tive ganhos. Não saberemos com será nos próximos meses, mas fato é que as gratificações previstas de Março foram recebidas, o que é outra grande benção. O ganho alto de Março foi justamente este. Ante de tantas perdas, foi isso que manteve meu patrimônio positivo, ou seja, somente os aportes.

Sem muita vontade de somar aportes, desvalorizações, etc. Por isso, mantive este fechamento que só mostra o valor final que sim, poderia e estava planejado para ter sido maior que 1,8kk, mas diante de todo este furacão que estamos passando, foi o melhor que poderia.

Obviamente decisões como manter o pagamento do pilates mesmo sem estar indo nele, foram tomadas. Por outro lado, outros gastos supérfluos como saídas aos finais de semana, foram reduzidos, por isso, imagino que os aportes aumentem nos próximos meses.

Finalizo torcendo para que o fechamento do próximo mês possamos estar comemorando o fim da quarentena e o início de uma vida voltando ao normal. Esperando mesmo que todos vocês estejam bem e todos aqueles que vocês amam.

Abs e se cuidem!
IFM

sexta-feira, 27 de março de 2020

Reflexões de um coronavirús

Olá pessoal!
Tudo bem?

Pois é, desde meu último post não tinha parado para escrever ainda sobre o momento histórico e lamentável que estamos passando. Fato é que ele está fazendo eu refletir bastante sobre a vida e sobre a importância de certas coisas. Achei bom dividir um pouco com vocês alguns dos pensamentos:

 1) Ainda há coisas nesse mundo que fazem todos se sentirem igual. Independente se são independentes financeiramente ou não. 

Nossa geração acredita que basta chegar no "end game" financeiro e social para ter tudo na vida. Uma família, bastante dinheiro na conta, saúde (que muitas vezes achamos que podemos comprá-la com um bom plano de saúde).
Pois bem, veio o covid-19 e fez o que? Mostrou pra gente que os carros estão na garagem. A Saúde que achávamos que um bom plano poderia oferecer, no fim, não é tão garantida assim. Não há leitos suficiente. Mesmo em planos privados de altíssimo nível. Não há vacinas. Não há medicamentos. Qualquer um de nós poderá pegar essa "gripezinha de agora em diante". Estamos frágeis e indefesos. Presos em nossas casas. Ainda bem que temos uma casa, não?
Olho para a garagem do meu prédio e vejo alguns "carrões"estacionados que não saem há dias. Há semanas. Quem sabe se ficarão parados por meses a fio? Tanto faz ser um fusca ou a BMW, estão todos estacionados.

2) Prepotência é algo que não vale a pena. Estamos sempre todos em risco. Tudo pode mudar. Tudo irá mudar. 

Sabe aquele seu chefe que acha que é o mais fo*a do mundo, porque tem aquele super salário e aquele super cargo? Estabilidade que se chama né? Pois bem, vejo pessoas que se achavam de "grande valor", com medo de perder emprego. De suspensão de contrato. De redução de salários. Pois bem, agora ele vê que o mundo é maior que o umbigo dele, não?
De uma hora para outra, investidores viraram poupadores. Salários gigantes escolheram. Microempresários de sucesso passam a ter que fechar seus negócios. As pessoas passam a se preocupar a consumir somente o básico para subsistencia.
Esqueça academia, massagem, pilates, aula de dança, cinema, jantarzinhos. Agora é você e sua família na sua casa. Se você tiver sorte. Se ninguém estiver no hospital. Agradeça.

3) Somos insignificantes neste mundo

Quantas pessoas acham que sabem para onde a bolsa vai? "Tenho certeza que 2020 será o ano para lucrar". "Agora é a hora de comprar um imóvel". Frases comuns na finansfera e em intagrams de pessoas entendidas de finanças. Bolsa a menos de 70 mil pontos é a realidade. Partimos de quase 120 mil para 70. Quem esperava ver a RV encolhida a quase metade do valor? Eu não. Me desesperei no começo? Sim. Agora não mais.
E isso me leva ao último ponto de reflexão.

4)  Nos adaptamos a tudo. Essa é a única saída.

Fiquei muito preocupada em ver meu patrimônio de RV que é de menos de 10% do total, encolhendo. No começo me bateu desespero. Muito desespero. Fui ficando preocupada, triste, fazendo contas. Depois de 2 semanas de verdadeiro inferno (ou 3), aprendi que não adianta. O fato está dado e nada mudará. Não vou vender nada agora, obvio e também não vou contabilizar o prejuízo nesse momento. Ele é grande. Quase 200k na bolsa que viraram 100k de uma semana para a outra.
O que eu sinto hoje é uma certa tranquilidade de que a perda está dada. Agora é acreditar que tudo se resolva a longo prazo e não me desesperar.

Afinal, a gente não controla quase nada nesta vida!