sábado, 9 de março de 2019

Os efeitos do stress e como lidar com eles

E aí pessoal, como passaram de carnaval?

Eu passei muito bem, obrigada! Relaxei de verdade, curti muito, esqueci completamente do trabalho! Foram quase 5 dias abençoados de esquecimento total dos problemas. Adoro!

Por outro lado, gastei bastante e sinto que este mês os aportes serão magros devido a tudo que gastei no exterior no mês passado e que pagarei na fatura deste mês, somado aos gastos de carnaval que foram em dinheiro, ou seja, à vista.

Cheguei num ponto do meu patrimônio que tudo bem se eu diminuir o aporte em mil, dois mil ou três mil reais. O importante é ser feliz e curtir o momento. Desejo que todos vocês cheguem logo nesse patamar, assim poderão viver a vida mais leve.

Vivenciei como é incrível não trabalhar e não pensar em problemas. Quando voltei do carnaval e voltei a trabalhar, lógico que o stress voltou aos seus picos. Reparei nisso, porque eu vi o stress refletido na qualidade da minha pele, no meu humor, entre outras coisas. É incrível parar para ver o efeito do stress no nosso corpo.

Você pode achar que isso melhora com o passar do tempo e o acúmulo de um patrimônio gordo, mas não. Eu achava que com um patrimônio maior, eu não ia me preocupar tanto com o trabalho, iria ligar o "f**a-se", iria deixar as coisas para lá. Mas hoje vejo que não é bem assim. Eu ainda me preocupo em fazer um bom trabalho. Tenho senso de responsabilidade. Quero ser reconhecida. Quero ser uma boa profissional. E para seguir com tudo isso, o fator stress vem à tona.

Reparei então que não adianta, por mais que eu chegue mais perto da IF, eu continuarei lidando com os efeitos negativos do stress, que por sua vez vem do trabalho. Só reforço que preciso parar de trabalhar algum dia e me libertar de todos esses pensamentos e preocupações.

Veja só meus caros, foram só 2,5 dias de trabalho nesta semana e eu sai com todas essas reflexões. De qualquer maneira, ainda vou tentar evoluir e lidar melhor com o stress e com o próprio trabalho. Até a minha IF, ainda faltam alguns bons anos e eu não quero parecer uma senhora de 70 anos nos meus 35 anos que seria minha idade alvo para parar de trabalhar.

Queria muito que estivéssemos numa mesa de bar, e eu ouvindo dicas de vocês de como poder lidar melhor com esse sentimento e pressão do dia-a-dia. A verdade é que não estamos, então aguardo os comentários de vocês de como lidam com todo o stress que envolve trabalho. Lembrem-se, eu sou uma pessoa com características que são difíceis de mudar: entre elas, a responsabilidade. A busca pela perfeição e o profissionalismo estão lá também. Não é a toa que eu conquistei tudo que conquistei.

Ainda estou devendo, e eu sei, explicações sobre uma novidade que comentei há alguns posts (ou meses) atrás. Ela ainda não se tornou oficial, então prefiro aguardar um pouco mais. Acredito que mês que vem eu já poderia contá-la.

Mas e aí, como vocês fazem para que o stress não tenha um efeito negativo no seu dia-a-dia?

Abs,
IFM

17 comentários:

  1. Como moro em uma cidade litorânea do interior, eu dou uma surfada antes de ir pro trabalho. É uma verdadeira terapia ver o sol nascer de dentro da água todos os dias e se divertir com os amigos. Chego no trabalho com um grande escudo contra o stress da vida corporativa.

    Abraços,
    investidorsolitario.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa que grande privilégio você tem! Meus parabéns e aproveite!

      Excluir
  2. Se não vai casar, nem está grávida, acho que vai trabalhar no exterior. Não vá para muito longe :'(

    ResponderExcluir
  3. Essa sensação de alívio que você sente todas as vezes que está de férias foi o combustível do motor que me impulsionou em busca da IF e aposentadoria antecipada. Todas as vezes que eu tirava férias acontecia exatamente como vc comentou e o nível de stress diminui tanto que minhas dores de cabeça diárias sumiam como mágica, foi aí que eu me toquei que FIRE seria a direção à seguir. Porém eu já descobri que sofro de preocupação crônica, apesar de não me preocupar mais com coisas do trabalho minha mente agora se ocupa em planejar todo um futuro que envolve não só a perpetuidade do patrimônio como também toda uma logística de como farei daqui pra frente com as coisas do cotidiano, simplesmente não consigo ligar o f0d@-se nem na vida particular, espero que não seja esse o seu caso. Resumindo, o nível de stress diminuiu enormemente desde que deixei de trabalhar mas a mente agora se ocupa (ou se preocupa) com outros problemas... FIRE não é um nirvana.

    Sr.IF
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SrIF, seu comentário só me faz chegar à conclusão que a IF é a melhor coisa para mim mesmo. Este fim de semana foi outra lavada de alma, me sinto leve, feliz, sem nenhum problema físico, é uma maravilha. Muito em comum com você mesmo.
      Acho que também devo sofrer de preocupação crônica. Trabalho impulsiona e dá mais enfase à alguns aspectos não tão positivos da vida, mas ao sairmos dele entendo que entramos também em contato com a nossa essencia. Preocupação é a sua e deve ser parte da minha também.
      Ao ler seu comentário, fico realmente pensando qual a cifra que me deixaria tranquila para parar. Ainda penso em 5 milhões, às vezes me vem um pensamento de 5 milhões + um belo apartamento + um belo carro. Sei lá, vou levando enquanto der.
      Abs,

      Excluir
  4. Trabalho:

    É nossa segunda casa. Contudo tenha sua identidade totalmente relacionada a um trabalho. "Aprenda a relaxar, não importa quão desafiador o trabalho e o chefe forem. No final do dia, é apenas um trabalho e você é muito mais do que isso." (AA40)

    Luz


    luz natural têm mais chances de nos manter saudáveis e de bom humor



    Som


    diminuímos 40% da capacidade de produção com a presença de barulhos e nem sempre temos controle sobre o barulho externo que vaza pelas paredes.

    Espaço e visão


    o ideal é ter amplo espaço para trabalhar e uma vista bonita pela janela. Na medida do possível, as mesas de trabalho devem refletir a personalidade de seus ocupantes.

    Cor
    Quadros pendurados e cores vibrantes na medida certa (sem exageros) podem inspirar.

    Almoço


    "Em dias extremos, almoce fora do escritório. Com seu colega que se tornou um grande amigo ou mesmo se o dia estiver massante e estiver estressado, vá almoçar sozinho. Apesar do custo com alimentação aumentar (se costuma trazer comida de casa), pode melhorar seu dia consideravelmente." (AA40)


    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelas dicas Acervo. Infelizmente algumas delas não se aplicam à minha situação pelo menos:
      - Trabalho: posso tentar ler esse mantra sempre que eu me stressar.
      - Luz: não tenho possibilidade de ter luz natural.
      - Som: boa!
      - Cor: não consigo pendurar quadros
      - Almoço: muito difícil colocar em prática, mas acho válido para muita gente.

      Abs!

      Excluir
    2. bem, então tente fora do trabalho:
      - meditação;
      - yoga;
      - massoterapia;
      - natação;
      - alongamento
      - jogar tetris.

      dentro do trabalho ainda dá pra se esconder dentro do banheiro por alguns minutos e pensar na vida.

      abs!

      Excluir
    3. hahaha adorei o se esconder dentro do banheiro!

      Vou pensar em algo nesse sentido sim. Yoga, pilates, qqr coisa que me ajude a relaxar. Saindo do ortopedista e sabendo a real condição do meu corpo já irei me planejar!

      Abs!

      Excluir
  5. Eu descobri que o que me deixa menos estressado é passar menos tempo dentro do escritório. O fato é que meu trabalho está relacionado em ficar na frente de um computador escrevendo. Então estou testando a lista abaixo e tem ajudado:

    - Levo comida de casa para o escritório.
    - Reservo 30min para passear em um horário que tem menos pessoas na rua (geralmente por volta das 14hrs).
    - Chego as 7:00 e saio as 15:30, nem 1 minuto a mais.
    - No verão vou em parques depois do trabalho.
    - Não tomo café e nem fumo (consumia café e somado ao stress começou a me dar tremedeira além dos sintomas que falou no texto).
    - Tenho uma garrafa de 250ml com uns saquinhos de chá dentro (sem açúcar), encho ela de água pelo menos umas 4x ao dia no trabalho.
    - Como frutas durante o dia e não consumo doces industrializados, nem refrigerantes.
    - Não uso redes sociais.
    - Marco 1 almoço por semana com alguém próximo e geralmente na sexta.
    - Sexta a noite reservo para jogar video game, tomar cerveja (1 pint no máximo), etc.
    - Evito reuniões o máximo que poder.

    Esses itens na sexta geralmente dão um sinal de recompensa ao cerebro.
    Se o seu trabalho é estressante, não dá para eliminar o stress, pelo menos não antes da IF, mas dá para conviver com ele.

    As dicas do Acervo ST são ótimas, mas não consigo fazer nenhuma delas no meu local de trabalho, mas acho que ajuda também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Total concordo Pobre do nordeste!

      Quando não estou no escritório minha vida é outra. Acho que também tem a ver com as pessoas tóxicas, o ambiente tóxico, enfim, tudo no ambiente corporativo é tóxico. Só de trabalhar de casa já me sinto melhor.

      Posso aproveitar algumas das suas dicas, gostei muito e vou prestar mais atenção!
      Abs,

      Excluir
  6. "com uns saquinhos de chá dentro" nunca tinha pensado nisso. boa ideia. vou tentar com uns chás orientais

    abs

    ResponderExcluir
  7. Você tem alguma atividade que pratique regularmente a título de prazer: música, esporte, etc?

    Acho que é das melhores maneiras de desestressar possíveis...

    Abraço e sucesso!

    ICV.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que não IVC. Tomar cerveja conta? rsrs

      Vou tentar descobrir este ano alguma atividade que possa me dar mais prazer!
      Abs,

      Excluir
  8. Hahaha ajuda sim a desestressar! Mas tem algumas outras atividades que são mais saudáveis. Tomara que encontre algo! :)

    ResponderExcluir

Obrigada por tornar esse espaço um lugar fértil para troca de idéias! =)