quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Quando o dinheiro não importa...

É pessoal, estou pensativa hoje.

Infelizmente estou com minha cadelinha com um problema grave de saúde e todo o resto perdeu importância. É incrível como sem saúde nada mais faz sentido. IF? Gastos? Controle de orçamento? Não quero saber de nada disso.

Não lido bem com essa questão de perder pessoas queridas na nossa vida (por mais que seja um pet, é muito mais querida que muito mais pessoas que convivo). E é por isso que estou com uma esperança e fé enorme que ela se recupere.

Esses momentos só servem para reforçar que a IF é um meio e não um fim. Ter dinheiro é bom, dá estabilidade e tranquilidade (até conforto nesses momentos de doença). Mas não resolve. Não salva. Não muda algumas coisas da vida.

Acho que vou ser menos exigente comigo mesma nessa busca da IF. Preciso aproveitar mais a companhia de algumas pessoas (e animais) e se eu tiver que gastar mais para isso, gastarei. Nunca sabemos quando a vida nos dará um arrastão com esse.

Este post é meio "para baixo", mas espero muito que as coisas mudem (para melhor).

Torçam por mim (e por ela, por favor).

IFM

18 comentários:

  1. Desejo melhoras a sua cadela. Busque toda a informação e o melhor tratamento possível, use o dinheiro pro que de fato ele pode fazer alguma diferença.
    Paz e saúde são nosso maior patrimônio sem dúvidas.
    O erro muitas vezes é esperar que o dinheiro resolva o que não é "responsabilidade" dele.

    Se tratarmos o dinheiro com maturidade e realismo será muito mais difícil de criarmos expectativas irreais e injustas.

    Em condições normais de vida o dinheiro não importa quando já o temos. Mas saúde e paz por exemplo são imateriais e nisso o dinheiro costuma não ser fundamental.

    Mas força aí e boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Anon! Estou usando o dinheiro sim para fazer o melhor por ela!

      Excluir
  2. Olá!

    Nem sempre é fácil manter o equilíbrio entre aportes pro futuro e a vida presente.

    Torcendo aqui pro seu bicho de estimação se recuperar.

    Força.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Alemão!
      Sim, esse equilíbrio estou considerando a parte mais difícil da IF!
      Abs!

      Excluir
  3. Melhoras para seu pet, faça o que puder para ajudar e nao deixar o bichinho sofrer.

    Venho escrevendo isto em minhas postagens, vejo muitos amigos que so pensam em dinheiro, if, bitcoin, ficar rico, e se esquecem do principal: Viver. Familia. Saude.

    A IF nao é o fim, é um meio para viver melhor.

    Abraço e força para seu bichinho

    ResponderExcluir
  4. qual a idade da cachorra?

    ResponderExcluir
  5. Força! E seu pensamento é perfeito! A IF é um meio, não um fim...

    Abraços e melhoras!

    ResponderExcluir
  6. Gastei uma puta grana pra salvar meu cao da morte em um feriado que nao achava um veterinario disponível.
    Nunca vou me arrepender disso!! E gastaria ainda mto mais
    Fique tranquila
    Abraco, saude e sucesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele ficou bem mineiro?
      Eu também não me arrependo jamais em gastar com essas coisas, se eu pudesse, gastaria ainda mais (levaria fazer um tratamento no exterior por exemplo)
      Abs!

      Excluir
  7. Oi IFM!
    Bem chata essa situação...faço votos de que tudo melhore e sua pet se recupere...força e fé!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Claudio! Estou com muita fé e pensamento positivo também!

      Excluir
  8. Passei pela mesma situação esse ano, porém tudo se resolveu de ótima forma. Não desejo a ninguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que tudo se resolveu enriquecendo! Às vezes passamos precisamos passar por essas "provas" na vida né...espero ter o mesmo fim que o seu! Abs!

      Excluir

Obrigada por tornar esse espaço um lugar fértil para troca de idéias! =)